“Sua mãe está confusa. Ela não sabe se você é menino ou menina”,

verso de abertura da música Rebel, Rebel, de David Bowie.

O QUE É GENDERLESS? 

 

Genderless, androginia,  moda unissex são termos que começaram a se destacar em 2011 na moda, com pioneiros como JW Anderson no Reino Unido e JNBY na China. É um novo movimento que vai além de ser apenas uma tendência e sim, um estilo de vida nova, onde o corpo é apenas um corpo sem diferenciação de gêneros e a roupa um acessório que veste esta alma. 

“A indústria da moda tem sido rígida e binária há muito tempo, mas só agora começamos a desafiá-la… e aquilo que vestimos não deveria ser um problema tão grande”, afirma Kristiina Wilson, fotógrafa e EIC do You Do You, site de moda da Refinery 29 que foca a identidade sem gênero.

A diretora de criação da Selfridges, Linda Hewson, diz que Gengerless “não tem a ver com aproveitar uma ‘tendência’, mas sim com uma mentalidade e reconhecer e responder a uma mudança cultural que está acontecendo agora”